Filhos X Tarefas domésticas

filhos - tarefas domésticasSer mãe é uma delícia, mas cansa, não?! Assim, que tal repassar aos filhos algumas tarefas domésticas? Tenha certeza de que, além de mais tempo e descanso, você ganhará crianças ou adolescentes mais responsáveis, solidários e independentes. E não pense que apenas as meninas devem assumir deveres como lavar a louça e arrumar a própria cama. Os meninos, acredite, também são capazes!

Apesar disso, segundo o IBGE, 62,2% das meninas entre 5 e 17 anos têm o costume de realizar tarefas domésticas. Já para os meninos esse número cai quase que pela metade: apenas 36,7% ajudam em alguma atividade diária.

“Todos na casa devem participar de todas as funções e atividades domésticas. Imagina, por exemplo, aquele menino que nunca lavou uma louça ou arrumou uma cama apenas pelo fato de ser menino. Como que ele poderá viver sozinho em uma casa quando, por exemplo, seus pais viajarem por alguns dias? Como ele poderá morar sozinho?”, diz o Dr. Marcelo Reibscheid, pediatra do Hospital São Luiz.

Por sinal, lavar ou secar a louça costuma ser o grande fantasma para os filhos. “Opte por mostrar outras possibilidades a eles como ensinar a preparar um prato que a família consuma com frequência. Assim você pode estipular que naquele dia da semana quem cuida do almoço é ele”, orienta o médico. “Dar certa liberdade aos filhos e elogiar sempre o trabalho deles é fundamental para alcançar o objetivo e principalmente para uma relação harmoniosa”.

Quanto aos brinquedos, ele ressalta, existe uma técnica que funciona muito bem: brincou, guardou. “Os pais podem até ajudar no caso de crianças menores, mas é importante que elas aprendam que após o uso tudo deve voltar ao seu lugar. As noções de organização devem ser ensinadas desde cedo”, sugere o pediatra.

Para os adolescentes, as roupas pela casa são o maior desafio dos pais. “Experimente deixá-las exatamente no mesmo lugar até que seu filho não tenha mais o que vestir se for necessário. Quando chegar o momento, ele mesmo falará sobre o assunto e dará abertura para uma boa conversa”.

E, se nada der certo e a bagunça prevalecer, o pediatra diz que, sim, as crianças ou adolescentes devem arcar com sérias consequências a fim de aprenderem a colaborar. “O ideal é sempre conversar e explicar a importância da ajuda. Caso isso já tenha sido feito e nenhum efeito surtido o uso de castigos é valido. Mas como estamos falando de adolescentes ou crianças maiores, os “melhores” castigos são a retirada daquilo que gostam MUITO. Por exemplo: ‘Se você não ajudar a mamãe a manter seu quarto arrumado, o futebol de sexta não terá’’; ‘Se você continuar jogando as roupas no chão, não irá mais jogar videogame. E por ai vai. O importante é, uma vez que foi feita a ameaça, se ele não ajudar você DEVE cumprir!”.

Leia também -

Saia justa – como falar sobre sexo com seu filho?

A chegada de um irmãozinho…

3 respostas a Filhos X Tarefas domésticas

  1. Também entendo que os filhos devem ajudar nas tarefas domesticas. Entendo que isto é muito dificil para os pais fazerem com que as crianças ajudem nas tarefas diarias, mas não tem outro jeito. O dialogo é melhor caminho mas nem sempre ajuda. Quando eles não querem,não tem castigo que faça eles mudarem de ideia quanto a ajuda em casa. Na real são eles que vão se convecer de que tem que ajudar.

  2. Pingback: Blog da Saúde

  3. Pingback: Respeitando limites e regras | Comportamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *